Vídeo – Relaxar os ombros

shoulder

 

Relaxar uma área do nosso corpo, com tensão acumulada, significa o desafio de procurar relaxar uma área – que por estar tensa, impede-nos de sentir essa mesma tensão que queremos relaxar.

Paradoxalmente surge a pergunta: Como consigo então – relaxar uma parte que está tensa, se eu não sei que está tensa?

A resposta oferecida pelo Zhan Zhuang Chi Kung, está na procura do movimento; uma área que não consegue mover continuamente está tensa – por exemplo, na rotação da anca, que deve ser lenta, leve redonda e constante. Quando existem irregularidades no percurso de rotação, significa que existe tensão onde o movimento “quebra”

Outra possibilidade pode ser encontrada, em movimentos ou posturas que possam ser praticados durante algum tempo. Durante o tempo que esse movimento é praticado, o cansaço ou a tensão que surge, significam que não está a haver uma dinâmica de capacidade de relaxar no movimento.

O processo é muito semelhante a uma peregrinação de várias semanas. Na primeira o corpo doí. Nas semanas seguintes já não doí – porque aprendeu a relaxar os músculos que eram desnecessários.

O movimento proposto neste vídeo, ensina a relaxar os ombros. É um movimento que pode ser utilizado no dia a dia ou durante as posturas da árvore. Quando os ombros se encontram dolorosos.

O princípio do Chi Kung terapêutico, é o da movimentação total do corpo e este exercício, para além dos ombros, promove o fortalecimento do sistema circulatório e linfático. Pode ser também utilizado quando a circulação nas mãos não é a suficiente, causando mãos frias.

Para um efeito de relaxamento e de libertação das tensões nos ombros deve ser praticado durante pelo menos 15 dias – 5 a 10 minutos por dia. Para um efeito mais duradouro 100.

Boas práticas

Quatro propostas para o cultivo da quietude