Quatro propostas para o cultivo da quietude

4propostas-quietude

Uma das questões que os alunos encontram nas minhas aulas, é a dificuldade no cultivo da quietude nas posturas do Zhan Zhuang Chi Kung e os exercícios com múltiplas repetições. Como por exemplo, rodar a anca 30 vezes para cada um dos lados.

Na sua essência a quietude não está apenas restrita às práticas de Chi Kung ou Meditação. Não é preciso ir para longe nem deixar a família ou amigos para trás se a queremos cultivar.

A quietude pode ser encontrada quando decidimos cultivar uma ação e a levamos a cabo sem interrupção.

E durante essa ação podemo-nos concentrar efetivamente no que estamos a fazer.

É frequente a incapacidade de criar esse espaço no dia a dia, o que torna alguns exercícios tão desafiantes.

Desconectar é uma das formas de cultivar a quietude. Desconectar significa desligar por um período de tempo, telefone, Internet ou outras distrações. Todos os dias. Podem ser 15 minutos mas durante esse tempo sinta que pode ler, escrever ou simplesmente estar sem ser interrompido. Sinta essa sensação de liberdade.

Muitos de nós já experimentamos viajar de avião e que nessas horas enquanto estamos a voar são os momentos mais produtivos que conseguimos ter. Não existe Internet, nem telefone e na maior parte das vezes estamos sozinhos. Desconectar significa por outras palavras entrar em modo de voo.

Contemplar é uma arte esquecida. Necessita apenas de um local onde nos podemos sentar e fazer uso dos nossos sentidos. Sente-se num banco de jardim, à beira rio ou à beira mar, na sua varanda, na sala de estar, dentro do seu carro parado e ative os seus sentidos. O que ouve? o que consegue cheirar, observe o que o rodeia reparando nos detalhes, sinta o vento ou o calor na pele caso esteja ao ar livre. Contemplar faz mais sentido se desconectarmos.

Caminhar torna-se um dos exercícios mais completos que existe. Especialmente se for feito sem interrupção, se for uma caminhada sem objetivos de chegar a horas a algum lado, se existir uma consciência no nosso corpo por exemplo na forma como os pés tocam o solo enquanto caminhamos. Pode aplicar os princípios anteriores de desconectar e contemplar enquanto caminha sentindo cheiros, sons e o ar a passar-lhe pelo corpo.

A mono tarefa leva a quietude a um novo nível em que numa altura determinada decidimos executar apenas uma tarefa. Enquanto atendemos uma chamada paramos e não andamos de um lado para o outro nem continuamos a escrever ou a navegar na Internet. Quando conduzimos desligamos o rádio e experimentamos a condução de uma forma contemplativa. Durante as refeições eliminamos distrações como os telefones em cima da mesa, televisão ligada ou leitura. Enquanto cozinhamos mantemos-nos na cozinha sem sair dando atenção total ao ato sagrado de cozinhar.

Boas práticas

Desintoxicar o Fígado
Pequenos almoços alternativos