Já chegou o Outono

Ja comecou o outono

Segundo o calendário Chinês dos 10.000 anos o Outono começa nos primeiros dias de Agosto.

No calendário ocidental no dia 21,22 ou 23 de Setembro dá-se início a esta estação com o equinócio – para o calendário dos 10.000 significa que chegamos ao Outono médio.

Estas diferenças estão relacionadas com uma visão mais energética ou mais física deste tema.

Ou seja, quando o seu relógio marca o meio dia e um minuto significa que se estão a aproximar -se as 24h e a partir das 12:01 o dia começa a decrescer em direcção à meia noite.

Quando decide ver o nascer do sol, minutos antes do sol surgir no horizonte já existe luz. O aparecimento do Sol é algo concreto. O que o antecede são sinais menos concretos, mas que são reconhecidos como o começo do dia.

Assim antes de qualquer estação ser declarada como efectiva e presente na sua vida existem sinais que a antecedem.

Mas afinal quando começa o Outono?

A minha melhor resposta é:

Depende.

O Outono representa a mudança do movimento mais expansivo e quente do Verão para um movimento mais frio e contractivo em direcção ao Inverno.

Esse movimento é sentido distintamente de pessoa para pessoa.

É chamado o “Outono pessoal”. Este acontece habitualmente entre o Outono do calendário Chinês e o do calendário Ocidental. Dá-se quando um evento lhe provoca um estado mais reflexivo ou contemplativo. Geralmente é súbito e pode ser um acontecimento pessoal ou colectivo.

Um exemplo: No 11 de Setembro de 2001 quando os dois aviões chocaram contra as torres gémeas em Nova Iorque. O que dai surgiu foi uma onda de reflexão global – especialmente para os Norte Americanos. Sem dúvida que para alguns nesse ano o Outono começou mais cedo.

O meu Outono este ano já começou: Na China durante o mês de Agosto durante o treino uma folha enorme caiu mesmo à minha frente, estava um dia de sol, céu azul e sem vento.

No dia seguinte de novo num dia de céu azul uma brisa fria surgiu vinda do nada, para depois voltar ao registo da brisa abafada do verão húmido Chinês.

Isso levou-me a reflectir sobre a impermanência do que sustenta qualquer vida. As condições externas – por mais auspiciosas que sejam podem sempre mudar. E se é bom saber isto na cabeça é também bom poder experienciar com o corpo.

O seu Outono pessoal começa com uma observação, com uma intuição, com uma memória ou com uma acontecimento que lhe é comunicado directamente. Sublinho que nem sempre são acontecimentos trágicos. No entanto, trazem consigo introspecção e reflexão como ainda não tinha sentido este ano.

Os três meses que se seguem a partir do começo do “seu Outono” destinam-se a aprofundar, a clarificar ou a fazer as pazes com esse acontecimento. Para que na entrada do Inverno “a casa” esteja limpa e arrumada.

E este ano? já começou o seu Outono?

Viver sem Esforço
Fórmula para a longevidade