Água com Limão, Quando, Como e em que Quantidade

Com a chegada da primavera colecionam-se receitas detox que permitem eliminar uma alimentação mais rica em proteína, gordura e sal que é típica do inverno. 

Um dos clássicos que activa o processo de desintoxicação é a água com limão.

O mito que este método trás consigo é que é benéfico tomar todo o ano: para desintoxicar do dia anterior, para acordar, para focar, para limpar, para alcalinizar….

Isso não é assim segundo a Medicina Chinesa. 

Nos hábitos de saúde e longevidade não existem os remédios caseiros para toda a vida. 

Não existe o chá que se deve beber todos os dias, o suplemento que deve ser consumido para toda a a vida. 

Existem as estações do ano, da vida e a nossa condição actual e o que afinal queremos criar para a nossa vida. Os alimentos servem como facilitadores para que coo seres humanos possamos navegar a impermanência das nossas vidas com mais consciência dos ciclos humanos, sociais e cósmicos. 

O limão é um alimento com sabor ácido e este sabor tem a capacidade de contrair e focar. 

É este o seu efeito quando é ingerido durante um tempo determinado. 

Na primavera e no início do outono é importante focar – direccionar ideias e intenções, para as estações seguintes. 

Assim o limão auxilia a que este processo aconteça.

No entanto, quando é consumido todo o ano cria tensão desnecessária no corpo – estar focado numa perspectiva oriental é conseguir ver o todo, é estar num ponto central onde é possível observar o que nos cerca de forma equânime e equilibrada. 

Estar focado apenas num ponto, numa actividade e num padrão, no oriente equivale a algo semelhante á cegueira – só conseguimos ver uma perspectiva um objectivo.

Isso trás tensão e irritabilidade. 

A água com limão 365 dias por ano coloca-nos num modo de foco e atenção que poderá fazer-nos ignorar a paisagem e criar irritabilidade, quando o mundo não gira da forma com nós gostaríamos, quando se desvia dos nossos objectivos e ambições. 

O mesmo se aplica ao consumo diário de outros alimentos ácidos – laranjas e familiares mais próximos, kiwis, ananases, toranjas, pickles, vinagres, maçãs ácidas…  

O fígado e a vesícula não lhe acham muita piada. 

Assim:

  • Quando: No máximo duas semanas nas imediações da primavera e outono. Ou quando desejamos um dia mais focado e direcionado. Uma entrevista de emprego, quando necessitamos de chegar a horas, quando queremos separar o essencial do acessório.  
  • Como: Sumo de limão diluído num copo com água morna.
  • Em que quantidade: Uma colher de sopa.

Observação: Os limões devem ser de agricultura biológica.

Boas práticas. 

Onde pode simplificar mais?
Tem mesmo de estar tudo perfeito?