Um corpo sustentável

Sustentabilidade é segundo o dicionário presente no meu computador: “Evitar o exaustão dos recursos naturais de forma a manter um equilíbrio ecológico”

Esta palavra é frequentemente utilizada para o planeta, para os ecossistemas e empresas. 

E no seu corpo?

Já pensou se as horas de sono que dormiu esta semana são sustentáveis para si a longo prazo?

Se na alimentação que consome pode ser observado como extremamente poluente ou extremamente regeneradora para si?

Se as relações pessoais que mantém, parceiro/a, familia, amigos poluem mais que trazem vitalidade?

Se o local onde habita estimula demasiado o seu sistema nervoso com sons acima do suportável, agitação constante e sem espaço para regenerar – por quanto tempo consegue habitar nesse espaço, nesse bairro, nessa cidade. 10, 20, 30 anos ou mudava-se já esta semana se pudesse. 

Se o seu ritmo de trabalho é sustentável e durante quantos anos?

Já pensou que:

Ao procurar sustentabilidade no seu corpo está a criar sustentabilidade no planeta ou no meio em seu redor.

Da mesma forma que ao tomar escolhas sustentáveis para o ambiente estará também a criar um corpo mais saudável e sustentável?

Não é necessário ser activista, ou um cientista ou um ecologista mergulhado na selva Amazónica. 

Comece onde está hoje –

  • Na sua próxima refeição: Escolha alimentos que poluam menos o seu corpo – esses também são os que pulem menos o ambiente. 
  • Na sua próxima ida às compras: Escolha ingredientes locais e sazonais e cultivados sem utilização de pesticidas – esses são os que criam uma menor pegada no transporte, poluem menos e beneficiam a sua comunidade mais próxima. 
  • Quando comunica faça-o na perspectiva não violenta e não competitiva – essa é linguagem que polui menos emocionalmente o local onde vive, a sua comunidade ou o local onde trabalha. 
  • Ao utilizar de forma sustentável os meios de conexão ao virtual – saindo mais de casa por exemplo ou simplesmente levantando os olhos do écran de tempos a tempos – está a conectar mais com a natureza e a passar mais tempo em ambientes nutritivos e por consequência a dar mais importância, a uma árvore centenária, a um parque limpo, a um lago não poluído. 
  • Aos escolher dormir mais esta noite está a criar uma mente mais forte e mais atenta para o dia seguinte – um corpo mais descansado e nutrido toma também decisões mais nutritivas para si e para todos em seu redor. 

Boas práticas. 

Perguntar passo a passo
Escolher fazer bem a si mesmo/a