Qual é o saldo?

Nem sempre somos gentis para nós e para os outros.

Nem sempre é possível alinhar a alimentação com a nossa condição actual.

Nem sempre é possível dormir o tempo suficiente, para regenerar a nível mais profundo

Nem sempre é possível realizar tudo o que gostaríamos de realizar.

No entanto, 

Existem dias que temos disponibilidade para nós e para os outros.

Que a alimentação é mesmo aquela que o corpo necessita.

Que estamos na cama às 22h com a luz apagada. 

Que o dia rende, rende em treino, tarefas e ainda sobra tempo.

Qual é o saldo?

Se é classificado como negativo, é fácil julgar e querer evitar o que se passou e esquecer que os desafios são talvez os nossos maiores mestres.

Se é classificado como positivo, é fácil querer que este se repita, criando a nostalgia de como foi bom, deixando pouco espaço para que o inesperado se possa manifestar.

E tudo muda, um sabor ou alimento que hoje gostamos, amanhã deixa de ser o nosso preferido e o mesmo acontece com cores, marcas de electrodomésticos, locais de viagem, cafés e esplanadas e até pessoas.

É este um registo binário de Zero e Um, positivo ou negativo. 

Quando os desafios se tornam os nossos maiores mestres ou as facilidades vontades de que durem para sempre fica o convite a experimentar, no final da manhã, tarde, dia ou semanas, alternativas linguísticas à palavra saldo positivo ou negativo como:

  • Gratidão
  • Apreço
  • Reconhecimento
  • Gentileza
  • Agradecimento
  • Apreciação 

Boas práticas.

Chi Kung Sénior
Chi Kung Radical - inclui vídeo