Curso de Chi Kung Terapêutico – Lisboa

mawangdui-regenerar.jpgReconstrução da primeira representação gráfica conhecida de exercício de Chi Kung Terapêutico – 168 a.C.

Curso de Chi Kung Terapêutico

do Instituto Macrobiótico de Portugal

9 Meses para fortalecer a sua Energia Vital

Ofereçam um peixe a um homem e alimentam-no por um dia,ensinem-no a pescar e alimentam-no para toda a vida –

Provérbio Chinês.

A minha experiência

Aos 8 meses foi-me diagnosticada asma consequência de uma constipação mal tratada.

A sabedoria popular atestava que aos 7 anos a asma desapareceria e que existiam alguns casos na família em que isso tinha acontecido.

Aos sete anos e um dia a minha tristeza foi grande quando percebi que não havia mudanças e tal como no dia anterior tinha de tomar a medicação de rotina. No entanto, alguém me garantia que existia alguém que era primo de um primo que aos 14 anos tinha ficado completamente curado.

Aos 14 anos e um dia a minha tristeza repetia-se até porque agora já não havia mais nenhuma história que atestasse – nem mesmo de forma remota – que para além dos 14 a asma desaparecesse.

Depois de todos os comprimidos, cápsulas, inaladores, injecções, vacinas, vacinas bebíveis, xaropes, suplementos e chás que foram recomendados pelos mais diversos professores, especialistas, médicos de clínica geral e terapeutas – A asma persistia.

A partir de uma certa altura desisti, acordava todas as noites entre as quatro e as cinco da manhã, utilizava o inalador, voltava-me para o outro lado e dormia até de manhã. Durante o dia mantinha a medicação de rotina. E durante muitos anos foi assim.

Aos 27 inscrevi-me no curso de Medicina Tradicional Chinesa. Ai tive acesso a informação e a práticas que me demonstravam que este percurso não tinha chegado ao fim mas estava mesmo agora a começar.

Em poucas semanas, depois de uma consulta e de iniciar o tratamento prescrito, o inalador ficou esquecido numa gaveta e foi deitado fora anos mais tarde já fora do prazo.

Quais foram os tratamentos, suplementos ou os pontos de acupunctura que resolveram uma questão crónica de 27 Anos? Qual foi o segredo?

Houve apenas uma mudança: Foram me dadas pelas primeira vez condições reais em que eu pudesse me autonomizar em relação à doença.

Passei de uma atitude passiva de toma massiva de medicamentos para uma atitude participativa. Havia uma solução – mas tinha de ser eu a chegar lá – utilizando o Chi Kung e a alimentação.

Foi-me dado espaço, tempo e recursos para Regenerar.

A definição

Regenerar pode ser definido como o percurso que nos permite aceder ao nosso potencial individual ou Energia Original. Uma vez restaurado, este potencial manifesta-se no dia a dia como:

  • Mais vitalidade
  • Mais presença
  • Mais foco
  • Capacidade de estabelecer prioridades
  • Capacidade de relaxar mesmo em condições adversas
  • Melhor desempenho a nível pessoal e profissional
  • Um corpo com menos tensões físicas e mentais
  • Existe a vontade de auto conhecimento e necessidade de nos mantermos física e mentalmente disponíveis.

No entanto, existem também cinco factores que considero impedimentos para que a esta Regeneração aconteça e se estabeleça.

  1. Falta de organização do tempo disponível
  2. Incapacidade de desconectar das solicitações do dia a dia
  3. Dificuldades em definir prioridades e tomar resoluções
  4. Relaxar das tensões físicas e mentais
  5. Criar uma rotina consistente de prática que sobreviva ao teste do tempo

A proposta

O Curso de Chi Kung Terapêutico do IMP é um curso prático, destinado a permitir uma regeneração real e efectiva do participante. Ao seu próprio ritmo e segundo os seus recursos pessoais.

É baseado em cursos anteriores que tenho desenvolvido nos últimos anos, utiliza o Chi Kung Terapêutico e a Teoria da Medicina Tradicional Chinesa em conjunto com um programa de Criação de Hábitos Saudáveis.

Está dividido em 10 fins de semana – das 10 às 17:30h – durante 9 meses – de Outubro a Junho. Inclui o estudo e prática de Chi Kung Terapêutico, totalizando 120 horas. O Último fim de semana inclui um residencial promovido pelo Instituto Macrobiótico de Portugal, com actividades para a saúde e bem estar englobando o espetro das terapias orientais principais.

Para além das aulas presenciais, os participantes têm acesso a uma plataforma virtual de apoio ao estudo. Inclui material exclusivo que permite um acompanhamento entre os seminários e que se destina a manter a motivação para a prática e para os hábitos saudáveis.

Este curso assenta numa comunidade o que permite ainda a possibilidade de integrar um grupo, altamente motivado onde é possível partilhar experiências e desafios neste percurso de regeneração.

Certificação

Dgert logo

O IMP é uma entidade certificada pela DGERT – Direcção-Geral do Emprego e das Relações do Trabalho, o que representa um reconhecimento da qualidade da nossa formação especializada em três áreas de educação e formação distintas: desenvolvimento pessoal, saúde, hotelaria e restauração.

Confere aos nossos alunos um certificado de formação profissional inserida no Sistema Nacional de Qualificações, através do SIGO – Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa.

Este reconhecimento permite também que os nossos alunos possam apresentar o investimento feito nos nossos cursos como uma despesa dedutível no IRS.

A quem se destina?

Porque a vontade de Regenerar é uma vontade universal e humana, este programa visa todos os participantes que queiram fortalecer a sua Energia Vital criando uma prática de Chi Kung regular e consistente adaptada às condições individuais de cada um.

Destina-se também a terapeutas, que queiram utilizar o Chi Kung para alinhar e fortalecer o seu estado energético e reunir conhecimentos que possam ser úteis na sua prática clínica.

Este Curso não forma instrutores, destina-se ao seu fortalecimento e regeneração pessoal e para aplicações pontuais ou complementares a uma prática clínica existente.

Acredito que só é possível fazer um trabalho com qualidade e com profundidade quando os grupos são pequenos e onde cada participante tem a atenção necessária ao seu desenvolvimento.

O limite de inscrições para este programa é de 18 participantes.

Conheça o programa

Na base deste programa está a prática do Zhan Zhuang Chi Kung Terapêutico que ensino no Instituto Macrobiótico de Portugal desde 1999.

Outras práticas terapêuticas serão abordadas como as Oito Peças do Brocado – Um sistema de alongamentos que activa de forma global todas as estruturas físicas e energéticas do corpo humano e exercícios de Dao Yin adaptados às estações e às condições individuais de cada aluno.

A teoria deste curso assenta nas cinco transformações, Seis Direcções, nos clássicos da Medicina Tradicional Chinesa e da filosofia oriental.

Cada uma das transformações é estudada detalhadamente o que incluí diagnóstico e estratégias de prevenção e fortalecimento.

Neste contexto estão incluídos para além do Chi Kung os remédios caseiros, alimentação, hábitos de saúde e longevidade e aulas de culinária – para que a regeneração seja o mais integrada possível no dia a dia do praticante.

As Seis Direcções são um tema essencial na compreensão e fortalecimento da Energia Vital e que está relacionado com temas como a vitalidade, sistema imune ou foco.

Nos últimos dois módulos será estudada a Dança da Saúde, parte integrante do sistema de Zhan Zhuang Chi Kung permite desenvolver um movimento único a partir da identidade e intuição de cada praticante.

No final deste ano o aluno fica com material suficiente para se autonomizar em relação à sua prática de Chi Kung.

Clique aqui para conhecer o programa do curso.

Este é um programa que permite

  • Estudar práticas milenares que fortalecem a Energia Vital;
  • Aumentar a qualidade de tempo que tem disponível;
  • Conhecer e integrar a Terapia e Filosofia Oriental no seu dia a dia;
  • Tornar-se autónomo e aplicar o treino onde quer que esteja;
  • Conhecer o seu corpo de uma forma mais integrada;
  • Introduzir o aspecto terapêutico em outras práticas já existentes – como a meditação ou actividades mais físicas;
  • Aprender a criar uma rotina de treino eficaz, que lhe permite continuar a treinar mesmo depois do programa terminar;
  • Complementar uma abordagem terapêutica previamente existente – como a Macrobiótica, Massagem ou Medicina Tradicional Chinesa, com exercícios que o podem beneficiar a si e aos seus pacientes;
  • Beneficiar de todos os efeitos que o Chi Kung Terapêutico lhe pode oferecer;

PREÇOS E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

Opções de pagamento: 
  • 150€ de Inscrição + 10 prestações mensais de 150€
  • 150€ de Inscrição + pronto pagamento: 1350€ (inclui 10% desconto, até 30 de Set.)
  • 150€ de Inscrição + 2 prestações de 712,5€ (inclui 5% desconto, pagamentos feitos entre 1 e 8 de Nov. e 1 e 8 de Jan.)
 Descontos: 
  • a) Desconto pronto pagamento sobre a propina: 10%
  • b) Desconto pagamento da propina em 2 prestações: 5%
  • c) Desconto no valor da propina da segunda formação anual que frequentem simultaneamente: 10%

Formas de Pagamento:

  • Prestações mensais: Débito Directo
  • Pronto pagamento: Multibanco, Transferência Bancária, Numerário
  • 2 prestações: Débito Directo (1ª prestação: na 1ª semana de Novembro; 2ª prestação: na 1ª semana de Janeiro)

Clique para aceder ao formulário de inscrição. Quando acede ao formulário encontra também valores e as condições de pagamento.

Saiba mais sobre este curso aqui

O que dizem os participantes que finalizaram este curso:

Testemunho 1

Olá, chamo-me Paula. Profissionalmente, sou advogada e Diretora do Contencioso duma Multinacional. A família constitui o centro e prioridade da minha vida pessoal.

Tive o primeiro contacto com o Chi Kung em 2012, ano em que comecei a frequentar as aulas semanais com o Lourenço, no Instituto Macrobiótico, e apesar de nessa altura ter desistido, achei que seria uma atividade interessante para mim – stressada, ansiosa, agressiva q.b..

Em Junho de 2015 recebi um email com o pré-anúncio do Curso Anual de Chi Kung Terapêutico. Li, reli, voltei a ler, e decidi inscrever-me. Ao mesmo tempo, tomei a decisão de voltar às aulas semanais de Chi Kung, com o Lourenço, no IMP.

E, assim, em Outubro de 2015 iniciei o curso anual e as aulas semanais, numa viagem que terminou nove meses depois, em Junho de 2016.

Comecei com a expectativa de, senão curar, pelo menos atenuar problemas musco-esqueléticos antigos e crónicos que me causam dores e desconfortos vários e, vinda da Macrobiótica, de ver como o Chi Kung se articula e integra com esta.

O curso anual está bem estruturado e transmite-nos conhecimentos preciosos, onde teoria e prática se complementam de forma equilibrada, equilíbrio este que seria reforçado mediante prática individual regular e consistente (aqui, como em muitos aspetos das nossas vidas, a prática constrói o hábito e instala a rotina). Neste aspeto particular beneficiei muito das aulas semanais, já que nem sempre consegui ser consistente na minha prática individual.

Cheguei ao fim deste ano com mais conhecimentos sobre o meu corpo e conseguindo associar aquilo por que passava – cansaço, insónia, dores – a determinados padrões de comportamento físico ou emocional. O principal ganho, do qual não estava à espera, foi ter vencido a insónia crónica de que sofria nos últimos dois anos. Em paralelo, consegui baixar os níveis de adrenalina e stress. A prática regular ajuda-me a “libertar a mente” mas também em coisas muito concretas como “arrefecer o corpo”.

Baseada na minha experiência, recomendo este curso a quem tiver mente aberta e flexível e quiser fazer uma abordagem não tradicional ao stress e problemas musco-esqueléticos – os quais estão, no meu caso, umbilicalmente relacionados…. Mas não consigo deixar de recordar o testemunho (muito) emocionado duma colega que falou dos seus problemas respiratórios de mais de trinta anos, que conseguiu ultrapassar com as primeiras práticas de Chi Kung.

E recomendo as aulas semanais a todos aqueles que forem de Lisboa e puderem frequentá-las.

No próximo ano irei frequentar o Curso de Instrutores pois quero ampliar as ferramentas e os conhecimentos que me permitirão lidar melhor comigo mesma e com aquilo que me acontece.

Claudia

Eu sou a Cláudia Anastácio e sou Administrativa. Resolvi inscrever-me no curso de Chi kung essencialmente pela curiosidade que sempre tive por esta disciplina e pelas terapias/medicinas chinesas, pelo programa do curso que me cativou e que me pareceu ser exactamente aquilo de que precisava para me ajudar a ter uma forma mais saudável e equilibrada de estar na vida e também para conhecer outras pessoas com os mesmos interesses.

Com a prática quase diária do Chi Kung adquiri uma nova consciência sobre o que é a energia Chi, como identificá-la, alinhá-la e fortalecê-la, conseguindo, assim, uma vitalidade diferente no meu dia a dia.

Senti-me mais tranquila e com maior capacidade de gerir os desafios do trabalho e de impedir que os mesmos me agredissem tanto. Descobri ferramentas que rapidamente nos fazem retornar ao nosso centro, que nos aproximam da nossa essência e da natureza. Com o Chi Kung senti o quão importante é simplificar e a diferença que faz quando descomplico as coisas, “esvazio” a minha cabeça de pensamentos, me centro no presente e vivo com maior liberdade e disponibilidade aceitando que tudo é inconstante e que todos os desafios reflectem uma oportunidade.

Esta é uma oportunidade única de encontro de participantes com várias competências mas com um um único objectivo: O auto conhecimento, cultivo e fortalecimento da sua Energia Vital.

Aceda aqui à ficha de inscrição.

O meu compromisso nas aulas que lecciono em conjunto com o Instituto Macrobiótico de Portugal é criar o melhor conteúdo, para permitir a quem se inscreve superar-se e descobrir novas possibilidades no seu dia a dia.

Mais dúvidas sobre este curso poderá ser esclarecida utilizando o meu email pessoal

Boas práticas!

O coordenador deste curso é Membro desde 2004 da APAMTC (Associação Profissional de Acupunctura e Medicina Tradicional Chinesa) e desde 2013 da APCKTT (Associação Profissional de Chi Kung e Tai Chi terapêuticos). É Especialista de Medicina Tradicional Chinesa desde 2003 licenciado pela Escola Superior de Medicina Tradicional Chinesa e praticante de Chi Kung desde 1997. As aulas que são lecionadas são exclusivamente terapêuticas e não se encontram abrangidas pelo actual Decreto-Lei nº 248-A/2008 que regulamenta as actividades desportivas.