Suplementar a Vida

Apesar de existirem milhares, talvez milhões de suplementos no mercado, não existe qualquer estudo que relacione o uso prolongado dos mesmos a maior longevidade.

Existe uma razão para isso, qualquer suplemento necessita de energia para ser processado e absorvido.

E este processo também custe energia vital.

Ou seja, para obtermos energia necessitamos também de energia.

Hoje sabe-se que vitamina D pode danificar os Rins, cálcio a mais pode acumular no sistema circulatório e que os multivitamínicos não só não são totalmente absorvidos, como não substituem de todo uma dieta equilibrada.

Isto não é novo, no Século VII um terapeuta chinês chamado Sun Simiao escrevia:

“Mesmo a ingerir constantemente preparações alquímicos, se for ignorada a arte de nutrir a vida, será difícil prolongar a expectava da mesma”,

Estando na moda hoje as Blue Zones observamos que estas populações não tomam nem medicamentos nem suplementos, pelo menos na quantidade que é utilizada fora destas áreas.

Também sabemos aqui que não conseguimos encontrar “A Fórmula” para a longevidade, aquele elemento que quando seguindo à risca pode atrasar o relógio biológico.

No entanto, existe uma possibilidade, que nos dias de hoje é contra intuitiva à tendência constante de procurar algo externo que preencha o vazio interno.

Essa possibilidade vem com uma pergunta:

E se em vez de adicionarmos mais ao que já temos procurarmos poupar mais e fazer menos?

Ainda Sun Simiao:

“O princípio de nutrição da vida é constantemente buscar actividade, sem nunca ficar cansado ou forçar aquilo que não conseguimos suportar”

O princípio é: Se adicionar mais significa um esforço, então é vital saber poupar mais.

20% mais devagar.

O exercício que proponho hoje para explorar é chamado o exercício dos 20%.

Este exercício propõe-lhe que tudo o que realiza o faça 20% mais lento.

Caminhar, falar, mastigar, lavar os dentes, esfregar o corpo durante o banho, conduzir, escrever…

Esta é uma prática tradicional que visa criar consciência do que podem pequenos momentos de atenção plena fazer pelo seu aqui e agora.

Não porque adicionou algo mais, mas porque decidiu poupar os seus recursos.

Mais ninguém vai notar que reduziu a sua actividade, porque 20% não é detectável exteriormente, é sentido apenas por si.

Pode também utilizar este princípio em momentos em que sente que o stress aumenta e que que a energia baixa.

Apesar de não ser uma prática espectacular é por isso mesmo uma prática extraordinária fundamental quando desejamos criar mais fazendo menos.

Boas práticas

Receba o nosso programa de regeneração pessoal

Entregue directamente na sua caixa de correio, durante os próximos 15 dias

Regenerar "is powered by" Kajabi